As Escolas Portuguesas de Díli, Moçambique, São Tomé e Príncipe e de Cabo Verde são entidades formadoras certificadas pelo Conselho Científico Pedagógico da Formação Contínua (CCPFC).
Estas organizações educativas dispõem dum centro de formação com o objetivo de implementar e desenvolver projetos, no âmbito da difusão da língua e da cultura portuguesas, assumindo-se como um elemento estratégico na promoção da cidadania lusófona e como um núcleo de apoio à cooperação portuguesa nas áreas cultural, da educação e da formação docente.
Assim, os centros de formação constituem uma estrutura de apoio à formação interna dos docentes e não docentes e à formação externa de professores de outras organizações educativas locais. O plano de formação dos estabelecimentos educativos centra-se nas necessidades identificadas pelos docentes, de forma a concretizar o projeto educativo e melhoria da qualidade dos resultados escolares.