No n.º 49/2 da revista EPS foi objeto de publicação o artigo científico com o título, O Pêndulo Mundial @São Tomé, cujo teor versa sobre a instalação experimental e de acesso remoto do pêndulo mundial, e-lab, na EPSTP-CELP.

Esta experiência da Física moderna veio colocar este estabelecimento de ensino público na rota da ciência mundial, dando um contributo substantivo para o estudo da medição da gravidade em diferentes latitudes, neste caso, em particular, dada a circunstância favorável de São Tomé e Príncipe se situar sob a linha do Equador e, por via disso, na gravidade zero.

A revista, que assinala 50 anos de publicações, conta com mais de 67.000 leitores, abrangendo toda a vasta comunidade de físicos na Europa.

http://epn.eps.org/230055;flash#/8/view, pág.06.