O estudo realizado em Portugal, em 2016, inserido no projeto International Study of the Preparation of Principals (ISPP), investigou a perceção dos diretores de escola sobre a sua preparação para o cargo, assim como as atuais dificuldades no trabalho dos diretores.

No âmbito deste estudo, foi aplicado um inquérito por questionário aos diretores de escolas públicas da região de Portugal continental que contou com uma adesão significativa de diretores – 67% da totalidade dos diretores participaram no inquérito (543 diretores).

Os resultados do estudo indicaram que, decrescentemente, segundo os próprios diretores, as suas dificuldades atuais estão relacionadas com a gestão da burocracia; equilíbrio entre o trabalho e a vida pessoal; gestão do tempo; aquisição de equipamentos; equilíbrio entre as exigências do sistema e as necessidades locais; gestão financeira; contratação de pessoal; gestão do fraco desempenho das pessoas; melhoria do ensino-aprendizagem.

Para além dos atuais problemas apontados pelos diretores, o estudo explorou a perceção dos diretores acerca da sua preparação (antes do exercício do cargo), diagnosticando, assim, as lacunas na sua preparação e apontando estratégias de melhoria e de desenvolvimento profissional. Simultaneamente, o estudo permitiu definir o perfil-tipo do atual diretor de escola; mapear a oferta formativa especializada em administração escolar; aferir da utilidade da formação em administração escolar; analisar o posicionamento dos diretores quanto à questão da profissionalização do cargo; detetar diferenças estatisticamente significativas entre grupos de diretores estratificados por género, experiência em gestão, formação em administração escolar, dimensão da escola, nível socioeconómico da comunidade local e localização geográfica da escola.

O diagnóstico obtido através deste estudo contribui, assim, para um enfoque nos esforços necessários de preparação e de desenvolvimento profissional dos diretores de escola, através de indicações mais precisas e baseadas nas suas necessidades, para uma formação mais específica, mais prática e indutiva em administração escolar, realçando e fomentando a importância de um trabalho conjunto, articulado e de apoio entre diretores, formadores, investigadores e a tutela.

Hélder António de Mendonça e Silva
Investigador do ISPP e do CICS.NOVA