Parceria educativa

Os líderes das escolas, na sua dimensão singular, desenvolvem um trabalho que implica uma rede alargada de apoios da parte de diferentes estruturas, internas e externas à comunidade educativa, nos quais se incluem os diversos serviços do Ministério da Educação (ME), entidade tutelar, de modo a instrumentalizar, com critério, a política educativa dos vários governos, tentando, porém, não perder a identidade própria.

A Direção-Geral da Administração Educativa (DGAE), cuja Missão também é “Garantir a concretização das políticas de gestão e de desenvolvimento dos recursos humanos”, numa ótica de promoção de boas práticas, apresenta-se como um parceiro privilegiado das instituições educativas, no garante da colocação e formação de professores e pessoal não docente (técnicos, assistentes técnicos e operacionais), área fulcral numa instituição educativa.

Sente-se um esforço na contínua melhoria dos serviços prestados, numa abrangência que abarca os procedimentos concursais e os sistemas de informação, o apoio jurídico, o planeamento organizacional e a gestão patrimonial, financeira, bem como dos recursos humanos e da formação, que, tendencialmente, atingirá valores de qualidade desejados por quem, dia a dia, operacionaliza, com o devido apoio.

Potenciar a aproximação já existente desta importante Direção-Geral aos diretores das escolas, cimentada num trabalho colaborativo, essencial, transformar-se-á em boa prática promotora do aumento da eficiência e eficácia do esforço de todos, sem duplicação de tarefas e com respeito pelas funções de cada um.

De igual forma, será valorizada a otimização dos modelos de planeamento, gestão e atendimento da DGAE, que visem uma maior abertura com o exterior. Quem está no terreno, e implementa as medidas preconizadas, deseja ser auscultado e participar ativamente na elaboração do que vai aplicar e utilizar. O ME e todas as direções-gerais, em especial esta, pode contar com a experiência acumulada dos diretores e das escolas.

A partilha de saberes impõe uma, cada vez maior, proximidade, e promove a pretendida postura proativa das direções e demais agentes educativos, no alcance da excelência almejada.

 

Filinto Lima
Professor/diretor do Agrupamento de Escolas Dr. Costa Matos, Vila Nova de Gaia
Presidente da Associação Nacional de Diretores de Agrupamentos e Escolas Públicas