No passado dia 7 de Abril, durante a pausa para almoço, a equipa da Direção de Serviços de Assuntos Jurídicos e do Contencioso (DSAJC), inserindo-se nas suas habituais ações de Team Building, visitou a exposição José de Almada Negreiros, “Uma maneira de ser moderno”, em exibição no Museu Calouste Gulbenkian.

Para além do intuito de potenciar os laços de interação entre os membros da DSAJC, acentuar a motivação e promover momentos de bem-estar na equipa, com esta exposição pretendeu-se alargar o conhecimento da obra do artista que se expressou de forma multidisciplinar, revelando-se uma figura ímpar no panorama artístico português do século XX.

José de Almada Negreiros destacou-se na primeira demonstração da vanguarda modernista nacional, contribuindo também, com distinção, para a Revista Orpheu, sendo a sua ação fundamental para que tal publicação não se limitasse apenas ao âmbito da literatura.  Diversificado e profuso, aguerrido e polémico, José de Almada Negreiros assumiu-se como personalidade incontornável na dinâmica do futurismo em Portugal. O seu palco de atuação foi extremamente complexo e diversificado, já que se empenhou numa ampla variedade de meios de expressão, tais como a pintura, o desenho, o ensaio, a poesia, o romance e a dramaturgia.

A visita à exposição foi orientada amavelmente pelo nosso colega Dr. José Pontinha, que se prontificou a assumir essa função e, que se diga, em abono da verdade, fez um trabalho de excelência.

Assim, a experiência vivida proporcionou aos membros da DSAJC uma oportunidade informal de aprofundamento das relações  interpessoais e um reforço no conhecimento da vida e obra do grande artista José de Almada Negreiros.

A Equipa DSAJC