No passado dia 11 de junho, foi assinado pelo Governador do Estado de São Paulo, Geraldo Alckmin, e pelo Ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, o protocolo para a cedência das instalações do futuro espaço da Escola Portuguesa de São Paulo, a primeira escola de currículo português no Brasil. Este ato veio consubstanciar o desiderato dos dois estados irmãos. Teve lugar no Consulado Geral de Portugal, em São Paulo.

A efeméride decorreu, no âmbito das Comemorações do dia 10 de junho, Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas, por ocasião da visita oficial do Presidente da República Portuguesa, Marcelo Rebelo de Sousa, e do Primeiro-Ministro de Portugal, António Costa.

A entrada em funcionamento da futura Escola Portuguesa de São Paulo está prevista para o ano letivo de 2018/2019. Este estabelecimento de ensino vem integrar o conjunto de escolas públicas portuguesas já existentes em Cabo Verde, São Tomé e Príncipe, Angola, Moçambique, Timor-Leste e Macau.

Direção de Serviços de Ensino e das Escolas Portuguesas no Estrangeiro (DSEEPE)